Cruzes Canhoto!
Cruzem-se connosco em cruzescanhoto@mail.pt
9/21/2003

OS PRIMEIROS FADOS - Há muitos meses, recebemos um estranho pacote dos CTT. No seu interior encontrava-se um CD com uma fachada de negro carregado, como o fruto de um incêndio florestal, rematado pelas premonitórias palavras "Fados para o Apocalipse contra a Babilónia". Do outro lado, um índice a letras vermelhas, exibindo títulos como "Fado do naufrágio ou salvamento", "Fado da garganta seca", "Fado do Mar Vermelho" e "Quis ser jornalista", sublinhado pelo nome da editora "FlorCaveira" com símbolo a condizer. O seu autor era: Tiago Guillul. Demasiada realidade impediu-nos de escutar inicialmente a opus, falta de tempo essa que, sinceramente, era sublinhada por um certo receio do que nos pudesse esperar. Conhecendo os textos do autor e alguns dos seus gostos musicais, interrogava-me o que estaria para além da capa de plástico. Um Tom Waits abstémio? Dead Kennedys pró-Bush? Uma Diamanda Galas masculina mais preocupada com as violações ao 7.º mandamento que com a SIDA? Samael com Saulo de Tarso em vez de Aleister Crowley? Decidi-me finalmente romper a fina película do pudor e escutar o dito. Outros blogues há que analisaram com mais sabedoria a opus, pelo que deixo apenas algumas impressões. As letras estão em qualidade e temática no mesmo campeonato do que o blogue nos habituou. Referências bíblicas e situações pequeno burguesas, reflexões íntimas e crítica social unidas por um humor límpido e descomplexado, são sublinhadas por uma voz que alterna entre a entoação jovem, o falsete fadista e o arroto metaleiro. As canções são de uma simplicidade inteligente, com um recurso original a instrumentos heterodoxos como talheres, reco-recos e caixas de papelão que enfermam de uma certa incoerência ambiental. Algumas remetem para os tempos áureos do Sequim d'Ouro, outras para a solidão alcóolica de um bar apinhado, outras ainda para a espiritualidade da juventude perante odespontar solar na praia. Nalgumas sente-se a influência dos eighties, todas são sublinhadas pelo intimismo fadista e pelo deslumbramento eucarístico. Enfim, inteligência, humor, originalidade, genuinidade é exactamente o oposto de tudo o que as editoras discográficas querem e por isso é que toda a gente que possa é incentivada a poupar no tabaco para estar hoje na Sociedade Guilherme Cossoul às 22 horas. Se precisarem de mais motivos para ir, informo que a programação televisiva é o emocionante Sporting-Moreirense, o intelecual A Loja do Camilo e a sublimidade artística do Saber Amar. J

Comments:


Ouem?

Blogue lusografo de comentario opinativo, irreverente, destrutivo e nao registado na SPA.



Arquivos

Arquivo
Página


Weboteca

Alertnet
Alternet
Arts & Letters
American Prospect
The Atlantic
Auto da Fe
BBC
Boston Globe
Courrier International
Granta
The Guardian
Harpers
Indymedia
Magazine Litteraire
Metamute
New Left Review
New Yorker
News Google
News Yahoo
NY Review of Books
The New York Times
Political Theory
Salon
Slate
Science & Technology
Wired
World Press


Blogoteca

Homage to Catalonia, G. Orwell
Folies Simultanees, J. Lacan
Historia do Estabelecimento da Inquisicao..., A. Herculano
Dieser Friede, T. Mann
Pentesileia, H. Kleist
Les Demoiselles D'Avignon, W. Rubin
O livro de Cesario Verde
Antropologia Estrutural, C. Levi-Strauss
Naked Lunch, W. S. Burroughs
O Fim da Aventura, G. Greene
The soul of man under socialism, O. Wilde
Quadrado
O Aleph, J. L. Borges
Diplomacy, H. Kissinger
A cor do tempo quando foge, B.S. Santos
A minha vida, Lou-Andreas Salome
Gengangere, H. Ibsen
Against the current, I. Berlin
Conversas de Cafe
Piano Magico, E. A. Cebolo
RootsWorld
De direita
Bouvard et Pecuchet, G. Flaubert
Tom Gordon, S. King
Haiku Handbook,W.J. Higginson
How to read a film, J. Monaco
Why Socialism?. A. Einstein
Minha vida, Suzana Flag
Os prazeres de Alfredo Saramago
Three men on a boat, J. K. Jerome
Livro de Estilo
A Murraca, C. Castelo Branco
Constitution of Liberty, F. Hayek
Mil Folhas
Wealth of Nations, A. Smith
A alma nao e pequena, v. h. mae e j. reis-sa¡
Zona Non
Planning for freedom. L. Mises
O canto e as armas, M. Alegre
Tale of a Tube, J. Swift
75 years of the Oscar, R. Osbourne
Mensagem, F. Pessoa
O General no seu labirinto, G.G. Marques
E pasta e basta!, M.L. Goucha
Ferida Amavel, E. Goncalves
Sobre os espelhos, U. Eco
Ate na prisao fui roubado!, A. Agostinho
Arcos e Pérgulas
Nocturnos, T. Waits
Illuminati, R. A. Wilson
No Reino da Dinamarca, A. O'Neill
Curso de Portugues, A. Areal
Lux
Alcorao
Miss Julie, A. Strindberg
Super Flumina Babylonis, Jorge de Sena
Dies Irae, P.K. Dick
Clio, Herodoto
A cultural history of menstruation, J. Delaney
Tudo o que se passa...,
O Fisico Prodigioso, J Sena
Analog
As melhores historias de gatos
Treason, Ann Coulter A condicao das classes trabalhadoras, F. Engels
Livro do profeta Isai­as




In Association with Amazon.co.uk