Cruzes Canhoto!
Cruzem-se connosco em cruzescanhoto@mail.pt
9/18/2003

PAUSA PARA BLOGUES - No intervalo entre polemicazonas, alguns anúncios de utilidade pública: Temos a saudar mais um bom blogue canhoto que se mostra bastante viajado. Passamos depois ao blogue do Tolentino e da denúncia, que adopta o hábito, pelos vistos cada vez mais comum na blogosfera, de se citar a si próprio no cabeçalho. Para quando umas farpas para este lado, Tolente amigo? Por úlitmo, ele já se publicitou a si próprio nos nossos comentários, mas não é demais referir o blogue sobre gestão. liderança de pessoas, operacionalização de sistemas e assistência ao decisor que promete ajudar Portugal a atingir a vanguarda económica da Europa, cujo e-mail foi recentemente vítima de abusos, o que prenuncia para breve o primeiro caso português de mailofilia. Há quem ache que este é mais um genial blogue satírico da blogosfera, mas tendo em conta que João Hugo Faria, Director: Se cita a si próprio no seu próprio blogue,
"A experiencia da equipa, aliáda à visão do negocio leva à eficiencia dos processos e consequente redução dos custos operacionais. A aposta deve centrar-se na inovação da estratégia, na excelência do serviço, e no rigor da Operação. Quando se fala de Operações de Sistemas, é primordial ter em conta a adequabilidade das soluções apresentadas ao cliente, ao seu modelo de negócio e cultura empresarial." Por JHF, Director, Setembro 2003
Explica as razões da sua escrita, Infelizmente não posso afixar a cópia do diploma, pois estudei numa universidade sul-americana que por motivos estranhos à minha pessoa teve um incêndio onde arderam papeis que eram importantes para eu poder pedir o diploma. Por isso é desculpável qualquer erro de Portugues que eu possa dar.
E dá bons conselhos aos outros gestores sem atender a enviesamentos "politicamente correctos",
A equipa começa portanto no Director. Este deve ser uma figura mitica que imponha respeito e tenha subido ao cargo a pulso e com demonstracao efectiva de trabalho realizado, como foi o meu caso, para que seja respeitado por todos os outros que ficaram pelo caminho e que portanto ocupam posições hierarquicas inferiores.
As mulheres aparentam ser as melhores managers. Como Directoras não servem, pois existe um limite a partir do qual não aavançam mais, mas como Managers parecem ser as mais adequadas.
Um bom colaborador nota-se logo pela aparência. Por exemplo, se é preto, usa cabelo comprido, brinco na orelha, barba por fazer, veste-se de gangas ou cheira mal, então posso desde já afirmar que não serve. Não perca tempo com este individuo e passe ao próximo. Refiro-me as entrevistas iniciais. A questão do preto exige uma explicação. Eu não sou rascista. Mas existem pessoas para todo o tipo de trabalhos e a minha experiência já confirmou que informática simplesmente não é o forte dos pretos. Na empresa mãe da empresa onde trabalho, simplesmente não há pretos, o que prova que o Departamento de Recursos HUmanos com larga experiência na contratação de pessoal, segue os mesmos pensamentos. Lá, como na filial onde trabalho não existe a necessidade de fazer cimento nem acartar com baldes de tijolos, logo não há necessidade de contratar pretos.

Digo, qual sátira qual quê! Isto é a nata do empreendedorismo português! J

Comments:


Ouem?

Blogue lusografo de comentario opinativo, irreverente, destrutivo e nao registado na SPA.



Arquivos

Arquivo
Página


Weboteca

Alertnet
Alternet
Arts & Letters
American Prospect
The Atlantic
Auto da Fe
BBC
Boston Globe
Courrier International
Granta
The Guardian
Harpers
Indymedia
Magazine Litteraire
Metamute
New Left Review
New Yorker
News Google
News Yahoo
NY Review of Books
The New York Times
Political Theory
Salon
Slate
Science & Technology
Wired
World Press


Blogoteca

Homage to Catalonia, G. Orwell
Folies Simultanees, J. Lacan
Historia do Estabelecimento da Inquisicao..., A. Herculano
Dieser Friede, T. Mann
Pentesileia, H. Kleist
Les Demoiselles D'Avignon, W. Rubin
O livro de Cesario Verde
Antropologia Estrutural, C. Levi-Strauss
Naked Lunch, W. S. Burroughs
O Fim da Aventura, G. Greene
The soul of man under socialism, O. Wilde
Quadrado
O Aleph, J. L. Borges
Diplomacy, H. Kissinger
A cor do tempo quando foge, B.S. Santos
A minha vida, Lou-Andreas Salome
Gengangere, H. Ibsen
Against the current, I. Berlin
Conversas de Cafe
Piano Magico, E. A. Cebolo
RootsWorld
De direita
Bouvard et Pecuchet, G. Flaubert
Tom Gordon, S. King
Haiku Handbook,W.J. Higginson
How to read a film, J. Monaco
Why Socialism?. A. Einstein
Minha vida, Suzana Flag
Os prazeres de Alfredo Saramago
Three men on a boat, J. K. Jerome
Livro de Estilo
A Murraca, C. Castelo Branco
Constitution of Liberty, F. Hayek
Mil Folhas
Wealth of Nations, A. Smith
A alma nao e pequena, v. h. mae e j. reis-sa¡
Zona Non
Planning for freedom. L. Mises
O canto e as armas, M. Alegre
Tale of a Tube, J. Swift
75 years of the Oscar, R. Osbourne
Mensagem, F. Pessoa
O General no seu labirinto, G.G. Marques
E pasta e basta!, M.L. Goucha
Ferida Amavel, E. Goncalves
Sobre os espelhos, U. Eco
Ate na prisao fui roubado!, A. Agostinho
Arcos e Pérgulas
Nocturnos, T. Waits
Illuminati, R. A. Wilson
No Reino da Dinamarca, A. O'Neill
Curso de Portugues, A. Areal
Lux
Alcorao
Miss Julie, A. Strindberg
Super Flumina Babylonis, Jorge de Sena
Dies Irae, P.K. Dick
Clio, Herodoto
A cultural history of menstruation, J. Delaney
Tudo o que se passa...,
O Fisico Prodigioso, J Sena
Analog
As melhores historias de gatos
Treason, Ann Coulter A condicao das classes trabalhadoras, F. Engels
Livro do profeta Isai­as




In Association with Amazon.co.uk