Cruzes Canhoto!
Cruzem-se connosco em cruzescanhoto@mail.pt
2/06/2004

A MAMA JACKSON - Os canhotos entenderam não se pronunciar sobre a mama da Janet Jackson por vários motivos. Primeiro, porque foi a mama direita que mostrou, e logo está fora do nosso campo de acção. Depois, porque num país onde se faz sexo oral nas aulas, se vendem sites sobre o acontecimento, fazer um inquérito federal sobre uma mamoca parece-me uma atitude perfeitamente plausível. Bizarro mesmo, é ter um tipo do movimento humanista (1, 2) a escrever um texto perfeitamente azomboado sobre o assunto. Isso merece cópia integral. O Seio Não Não é preciso ser especialista em comportamento humano para compreender que muita repressão gera a exacerbação do que se pretende proibir. Não se defende que as pessoas devem soltar toda e qualquer vontade assim, a esmo, sem ponderar a respeito. Mas é igualmente correto afirmar que esconder os sentimentos em demasia não é uma boa. O planeta Terra possui muitos submundos - atividades que boa parte da população sabe que acontecem, mas que por motivos diversos não podem ser reveladas à luz do Sol. O Sexo é certamente um dos nossos maiores tabus, principalmente em países cujas influências religiosas proíbem que se toque muito no assunto. Vamos analisar por hora os Estados Unidos, apenas como exemplo. Freud provavelmente diria que a sociedade norte-americana não é sexualizada, como pensariam muitos. Para o autor, ela está mais para “genitalizada”, pois sexo não se restringe a membros sexuais. Excesso de peitos, bundas e vaginas não garantem a plenitude da visão sexual de Freud. É interessante resgatar uma história relatada pelo jornalista David Usborne [“Folha de S. Paulo”, 27.09.1998]. Em Buford, cidade localizada ao sul do Texas - estado conhecido como reduto conservador de George W. Bush, então governador desde 1994 - Sexo é a palavra de ordem. Nas ruas, não se vê escolas ou igrejas. Não há eleições desde 1962, quando Burford se emancipou. No lugar das tradições judaico-cristãs, “sex shops” e avisos como “Mulheres Bonitas 24 horas Por Dia” e “Livros Para Adultos”. Os conservadores de El Paso, que fica a 64 km do local, escolheram a forma ideal de acabar com a festa: repressão. Queriam dar um fim à cidade. Argumentaram que, como nunca houve votação para eleger representantes do povo, não há governo. E decidiram pedir o fim de Buford, que teria que se enquadrar nas leis de El Paso e do Texas. “Nós estamos completamente fora do caminho e escondidos aqui. Assim, não entendo como podemos causar danos a qualquer um”. A dúvida é intrigante e foi dita por Ernie, gerente do Green Door, uma das “lojas de prazer”. Afinal, o local só possui 50 residentes fixos. Dando um salto para 2004, durante o intervalo da final do Super Bowl - um dos eventos mais importantes dos Estados Unidos - a cantora Janet Jackson e o cantor Justin Timberlake dançavam no palco e, em um movimento, ele tirou parte do corselete dela, expondo por instantes o seio direito - logo o direito. A cena não durou mais que alguns segundos, o suficiente para escandalizar milhões de telespectadores. A Indústria do Sexo - incluindo aí o incentivo à prostituição e ao tráfico de seres humanos - movimenta mais dinheiro que todos os orçamentos militares do mundo. O submundo do sexo é a mais combatida “praga”, principalmente por parte dos conservadores, e não por coincidência a que mais cresce no país - conquistando inclusive nichos de mercado antes impensados, como o dos padres cristãos. Até aí, tudo bem. Mas o seio - principalmente o direito - não dá para tolerar. Gustavo Barreto

Comments:


Ouem?

Blogue lusografo de comentario opinativo, irreverente, destrutivo e nao registado na SPA.



Arquivos

Arquivo
Página


Weboteca

Alertnet
Alternet
Arts & Letters
American Prospect
The Atlantic
Auto da Fe
BBC
Boston Globe
Courrier International
Granta
The Guardian
Harpers
Indymedia
Magazine Litteraire
Metamute
New Left Review
New Yorker
News Google
News Yahoo
NY Review of Books
The New York Times
Political Theory
Salon
Slate
Science & Technology
Wired
World Press


Blogoteca

Homage to Catalonia, G. Orwell
Folies Simultanees, J. Lacan
Historia do Estabelecimento da Inquisicao..., A. Herculano
Dieser Friede, T. Mann
Pentesileia, H. Kleist
Les Demoiselles D'Avignon, W. Rubin
O livro de Cesario Verde
Antropologia Estrutural, C. Levi-Strauss
Naked Lunch, W. S. Burroughs
O Fim da Aventura, G. Greene
The soul of man under socialism, O. Wilde
Quadrado
O Aleph, J. L. Borges
Diplomacy, H. Kissinger
A cor do tempo quando foge, B.S. Santos
A minha vida, Lou-Andreas Salome
Gengangere, H. Ibsen
Against the current, I. Berlin
Conversas de Cafe
Piano Magico, E. A. Cebolo
RootsWorld
De direita
Bouvard et Pecuchet, G. Flaubert
Tom Gordon, S. King
Haiku Handbook,W.J. Higginson
How to read a film, J. Monaco
Why Socialism?. A. Einstein
Minha vida, Suzana Flag
Os prazeres de Alfredo Saramago
Three men on a boat, J. K. Jerome
Livro de Estilo
A Murraca, C. Castelo Branco
Constitution of Liberty, F. Hayek
Mil Folhas
Wealth of Nations, A. Smith
A alma nao e pequena, v. h. mae e j. reis-sa¡
Zona Non
Planning for freedom. L. Mises
O canto e as armas, M. Alegre
Tale of a Tube, J. Swift
75 years of the Oscar, R. Osbourne
Mensagem, F. Pessoa
O General no seu labirinto, G.G. Marques
E pasta e basta!, M.L. Goucha
Ferida Amavel, E. Goncalves
Sobre os espelhos, U. Eco
Ate na prisao fui roubado!, A. Agostinho
Arcos e Pérgulas
Nocturnos, T. Waits
Illuminati, R. A. Wilson
No Reino da Dinamarca, A. O'Neill
Curso de Portugues, A. Areal
Lux
Alcorao
Miss Julie, A. Strindberg
Super Flumina Babylonis, Jorge de Sena
Dies Irae, P.K. Dick
Clio, Herodoto
A cultural history of menstruation, J. Delaney
Tudo o que se passa...,
O Fisico Prodigioso, J Sena
Analog
As melhores historias de gatos
Treason, Ann Coulter A condicao das classes trabalhadoras, F. Engels
Livro do profeta Isai­as




In Association with Amazon.co.uk